• Cho-co-la-te!

    by  • April 13, 2014 • Dorie às sextas, receita • 4 Comments

    Já não participava num desafio da Dorie há algum tempo. Não é que não me apeteça, mas os dias têm sido curtos demais para tantos bolos, bolinhos, pequenos-almoços e forkshops. (O que é muito bom!). No meio disto tudo, uma viagem de norte a sul à Irlanda, de que ainda vos vou falar.
    IMG_3933_low

    Desta vez, foi fácil decidir, pois uma gripe repentina deixou-me por casa e, mal consegui levantar-me fiz 2 coisas: fui ver o mar e vim cozinhar! Haverá melhor remédio? ;)
    IMG_3937_low

    O desafio era um bolo de chocolate, mas daqueles intensos, que nos fazem desejar uma chávena de chá ou de café a acompanhar. Poucos ingredientes, rápido de fazer, perfeito para um fim de dia de domingo com sol, como estes que vão agora chegando a medo. Fazia-se acompanhar por uma ganache, mas troquei-lhe as voltas e juntei-lhe uma camada de natas, framboesas, mirtilos, folhas de rabanete e amores-perfeitos.
    IMG_3946_low

    Almost-fudge gâteau
    (Baking, from my home to yours, Dorie Greenspan, p. 218)

    5 ovos grandes
    255 gramas de chocolate preto, cortado grosseiramente
    220g de açúcar
    70 gramas de manteiga sem sal, cortada em pedaços
    2 colheres de sopa de café ou de água (usei água de rosas)
    43g de farinha
    Uma pitada de sal

    Para a cobertura (opcional)
    115 gramas de chocolate preto, cortado grosseiramente
    125ml de natas
    2 colheres chá de xarope de milho claro

    Pré-aquecer o forno a 175C e untar com manteiga uma forma de mola redonda (23cm), cobrir o fundo com papel vegetal também untado; polvilhar com farinha. (Usei formas individuais)
    Separar as gemas e colocá-las numa taça pequena, reservando as claras numa taça grande. Derreter o chocolate, o açúcar, a manteiga e o café em banho-maria. Mexer de vez em quando até o chocolate e e manteiga estarem derretidos (não há problema se o açúcar ainda estiver ligeiramente granulado). Tirar a taça do lume e deixar a mistura repousar durante 3 minutos.
    Com uma espátula de borracha, misturar as gemas uma a uma e, em seguida, envolver a farinha.
    Bater as claras em castelo com uma pitada de sal até estarem firmes (não usei sal). Misturar com a espátula 1/4 das claras na massa de chocolate, envolvendo em seguida as restantes claras. Deitar a massa na forma, abanado-a para nivelar a massa.
    Levar ao forno entre 35 e 45 minutos, ou até o bolo ter crescido uniformemente. O topo deve estar firme (poderá ficar rachado) e ao inserir uma pequena faca no centro, esta deverá sair apenas ligeiramente marcada pelo chocolate. Deixar o bolo arrefecer e repousar entre 5 e 10 minutos.Passar uma faca afiada pelos lados da forma e abrir a mola, retirando a parte lateral. Virar o bolo dobre uma rede, retirar a base da forma e o papel vegetal. Virar o bolo novamente sobre outra rede, deixando-o arrefecer até ficar à temperatura ambiente. À medida que arrefece, o bolo poderá afundar.

    Para a cobertura (opcional: não fiz)
    Derreter o chocolate em banho-maria, em lume médio-baixo. Ferver as natas num tacho pequeno, deitando-as em seguida sobre o chocolate, mexendo gentilmente com uma espátula de borracha até a mistura estar suave e brilhante. Misturar o xarope de milho.
    Deitar a cobertura sobre o bolo e alisar o topo com uma espátula metálica. Deixar a cobertura ficar à temperatura ambiente ou colocar no frigorífico durante 20 minutos. Se a cobertura ficar baça com o frio, aquecer o bolo ligeiramente com um secador de cabelo antes de servir, de modo a retomar o brilho.
    IMG_3949_low

    4 Responses to Cho-co-la-te!

    1. April 14, 2014 at 10:57 am

      É verdade Mena…só assim! ;)

      E chocolate é mesmo o melhor remédio :D

    2. April 14, 2014 at 10:56 am

      Obrigada Susana ;)

    3. April 13, 2014 at 10:14 pm

      Lindos, os teus jardins! Um beijo!

    4. Mena Lopes
      April 13, 2014 at 9:38 pm

      Oh Patrícia, caso para dizer que a gripe foi o remedio, para te ver de volta aos Dorie’s!!!
      E olha, o mar e um bolo de chocolate, é muito melhor que uma mistura de paracetamol e anti histaminico!
      As voltas foram muito bem trocadas e as imagens falam por si!
      Beijinhos,
      Mena.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *