• Construir pontes, encurtar distâncias

    by  • November 15, 2012 • fork the crisis, Workshops • 0 Comments

    Ontem estive fora de casa todo o dia. Fui ver o mundo,  conhecer pessoas,  experimentar novos lugares.

    Porque ficar em casa, de braços cruzados, à espera que tudo aconteça não me parece ser o caminho a seguir.

    (nem o mais interessante…)

    Então, vale mais encurtar o tempo de decisão e arriscar. Porque, assim como assim, o “não” está sempre garantido. Mas a viagem nunca se perde*

    Esta aventura só me tem trazido sorrisos, palavras que me enchem o coração e me fazem acreditar cada vez mais neste caminho traçado por mim e pelo Pedro, que me puxa os pés para a terra quando as asas querem voar alto demais. Mas o que lá vem, o que consigo vislumbrar, provoca-me, desafia-me e eu não páro de caminhar.

    Isto tudo para vos dizer que tenho duas mãos cheias de projectos novos, com pessoas que querem caminhar ao meu lado, que me desafiam, que me mostram novos caminhos paralelos, que sinto ser capaz de abraçar. Caminhos nos quais acredito. E isso é FORKING AMAZING!

    E, não tivesse sido já um dia repleto, chegar a casa e ter surpresas como a que a Elisa me fez. Ver o lado de lá de quem participa nos workshops tão nítido, tão claro, com palavras escolhidas por ela.

    Não é a primeira vez que me escrevem. Na verdade, depois de um workshop costumo receber o melhor feedback possível. Mensagens ou e-mails com palavras que me abraçam, que me rasgam sorrisos. As da Elisa estão disponíveis aqui para quem as quiser ler. ;)

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *