• Já fui feliz aqui! ;) #04

    by  • May 20, 2014 • Já fui feliz aqui! • 0 Comments

    No primeiro dia de Abril rumámos à Irlanda, para uma volta pelo sul que terminaria em Dublin.

    Chegámos a Dublin pelas 16h20 e, depois de levantar o carro alugado, a primeira paragem para dormir seria em Kilkenny. Claro que antes de lá chegar  parámos 1001 vezes “olha a catarata! Olha o bosque! Olha os veados!”. Também parámos em Roundwood, no pub mais alto da Irlanda. Comemos as tradicionais batatas fritas a acompanhar as bebidas e estivemos à conversa com a malta que estava ao balcão. Desviámos por outro caminho que nos indicaram e passamos pela Wicklow Gap, um dos sítios mais bonitos que já vi (podem espreitar todas as imagens que fui deixando pelo instagram)

    Quando chegámos a Kilkenny, à noite, fomos espreitar a cidade e um dos pubs mais conhecidos, o Kyteler’s Inn, antiga residência da bruxa mais famosa da cidade.
    Claro que chegámos a horas impróprias, já os músicos estavam de saída…digo, pouco antes das 23h, mas o país deita-se cedo. Não vou dizer nomes, mas houve quem experimentasse uísque quente… ;)
    image

    Mas do que vos quero falar, para além da beleza desta pequena cidade com um percurso medieval que vale a pena fazer, é do local onde tomámos o pequeno-almoço. O destino era o castelo e, nas redondezas, comer qualquer coisa. Mesmo em frente, no centro de design, fomos parados pela curiosidade e quando entrámos fomos apanhados pela gula. As opções eram muitas e maravilhosas. Podíamos ter comido qualquer coisa leve, mas…para quê, se tínhamos brownies? Sim…comemos brownies ao pequeno-almoço! E bolo de maçã. E bolo de framboesas. :D
    image

    image

    Feitas as visitas, continuámos viagem e, entre as várias paragens, Cork, onde visitámos o museu da manteiga e o mercado Instigados pela curiosidade e pela vontade de comprar coisas boas.

    imageCliffs of Moeher
    Quando chegámos a Killarney, onde passámos a segunda noite, estávamos decididos a deitar-nos cedo para acordar com os primeiros raios de sol do dia seguinte. Destino? Ring of Kerry: uma volta de aproximadamente 180km. Decidimos, por isso, comer pelo hotel onde estávamos. Claro que a sala acolhedora, com mais que uma lareira e uma ementa interessante ajudaram à decisão!
    Comemos perú assado, com fiambre assado, compota de arandos, puré de batata, ervilhas e todos os afins. Experimentámos sidra, guiness e, depois do jantar, café irlandês. Nestas coisas, eu só provo, que álcool só para cozinhar. ;)
    image

    A viagem ainda estava a começar…para a próxima conto-vos os sabores do outro mundo que provámos neste país onde fomos tão felizes. ;)

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *