• Sei um ninho

    by  • March 21, 2013 • mercearia • 0 Comments

    Hoje já foi o dia da Primavera. Hoje continua a ser o dia da poesia e da árvore.

    Por cá, é dia de Torga, que traduziu em palavras o pulsar da Natureza.

    (Queques de limão, com cobertura de natas batidas com açúcar baunilhado; nunho de chocolate e ovos de pasta de açúcar)

    Sei um ninho.
    E o ninho tem um ovo.
    E o ovo, redondinho,
    Tem lá dentro um passarinho
    Novo.

    Mas escusam de me atentar:
    Nem o tiro, nem o ensino.
    Quero ser um bom menino
    E guardar
    Este segredo comigo.
    E ter depois um amigo
    Que faça o pino
    A voar…

     

     

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *